domingo, 26 de setembro de 2010

Bíblia: Palavra de Deus

A Bíblia é a Palavra de Deus. Ela existe para “ensinar, refutar, corrigir e educar na justiça” (2 Tm 3,16). Pelo batismo todos recebemos a missão de anunciar a Palavra e testemunhá-la.

Ao chegar o Dia da Bíblia, convido-vos a refletirmos sobre o dever e a missão de evangelizar, ou seja, a missão de anunciar a Boa Notícia de Jesus Cristo.

No dizer da Conferência de Aparecida, cabe-nos comunicar a “alegria de ser discípulos missionários para anunciar o Evangelho de Jesus Cristo”. Não temos outro tesouro a não ser esse. Não temos outra felicidade nem prioridade senão a de sermos instrumentos do Espírito Santo na Igreja, para que Jesus Cristo seja encontrado, seguido, amado, anunciado e comunicado a todos, não obstante as dificuldades e resistências. Este é o melhor serviço – o seu serviço – que a Igreja deve oferecer às pessoas e às nações. Portanto, nossa missão é tornar possível às pessoas do nosso tempo o encontro com Deus, que nos fala e comunica seu amor. O Documento de Aparecida diz: “Conhecer a Jesus Cristo pela fé é nossa alegria; segui-lo é uma graça; transmitir este tesouro aos demais é uma tarefa que o Senhor nos confiou ao nos chamar e nos escolher”.

Neste mês da Bíblia somos convidados a renovar nosso compromisso com a Palavra de Deus. Se é verdade que Ela é lâmpada para os nossos pés e luz para o nosso caminho, é preciso primeiro ouvi-la, e depois acolhê-la para que penetre, anime e ilumine todo o nosso ser, pois é a Palavra que ilumina nossa vida diária e nos indica o caminho para nos encontrarmos com Deus. Não a Palavra gritada com ameaças ou manipulada para fins pessoais, mas a Palavra que se ouve “com os ouvidos do coração” no próprio dizer da Bíblia. Ou seja, a Palavra que fala dentro da gente e é capaz de transformar nosso modo de ser e viver. É assim que aconteceu com Zaqueu, quando Jesus lhe dirigiu a Palavra e ele se converteu (Lc 19, 1-10). É assim que aconteceu com Bartimeu, como nos fala a liturgia deste domingo, quando Jesus, com sua palavra, o recolocou no caminho (Lc 18, 35-43).

Parabenizo a todos os anunciadores e ministros da Palavra de Deus, e os convido a renovarem seus propósitos de servirem generosa e fielmente a Igreja, sendo discípulos e missionários do Senhor. Em especial lembro aos presbíteros a recomendação do rito da ordenação sobre a missão de ensinar: “Transmite a todos a Palavra de Deus, que recebeste com alegria. Meditando na Lei do Senhor, procura crer no que leres, ensinar o que creres, praticar o que ensinares. Seja, portanto, a tua pregação alimento para o Povo de Deus e a tua vida estímulo para os fiéis, de modo a edificares a casa de Deus, isto é, a Igreja, pela palavra e pelo exemplo”.

Jesus diz: “Quem me ama guarda a minha Palavra!”

Dom Canísio Klaus/CNBB

2 comentários:

Anônimo disse...

Tenho uma enquete sobre este assunto em meu blog.
A arca do arrebatamento
Podem colocar os links de seus blogs nos comentários, aceito parcerias.

thyálika disse...

se vcs ai em farias brito conhecer tiberio pereira da costa filho de olival costa por favor fale pra ele tomar vergonha na cara dele e manda o dinheiro da minha mae q ele pegou sem permisao dela 1500,00 reais aquele caloteiro de uma figa meu nome e zuila filha de adelina de ze gibao obrigada..por favor mim ajudem a divugar esse comentario.